Mudanças do Enem desde sua criação

Lançado no ano de 1998, o ENEM (Exame Nacional do Ensino Médio) é uma prova que avalia os conhecimentos e desempenho dos estudantes no término de sua escolaridade principal (Ensino Médio). Para poder participar o estudante deve estar no ano de conclusão do ensino médio ou ter concluído o mesmo.

As provas do ENEM têm como finalidade ser o critério de seleção dos estudantes para concorrerem a uma bolsa no programa ProUni (Programa Universidade Para Todos), e também para complementar os pontos em vestibulares de instituições conveniadas diretamente ao ENEM, são cerca de 500 instituições.

No final do 2009 o Ministério da Educação criou uma proposta de reformulação do ENEM tornando-o único no critério seletivo de universidades públicas federais. Anteriormente o Exame podia ser utilizado também para a conclusão do Ensino Médio, mas agora essa função é da prova do Encceja. A proposta tem como finalidade democratizar as chances de acesso às vagas federais de ensino superior, possibilitar a mobilidade acadêmica e induzir a reestruturação dos currículos do ensino médio.

Para participar do Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos e saber todas as informações sobre o programa é importante entender sobre a página do participante Encceja, pois é através dela que se realiza inscrição, confere o edital, resultado, entre outras coisas.

As universidades têm quatro opções de utilização do novo ENEM:

  • Como fase única, com o sistema de seleção unificada, informatizado e on-line;
  • Como primeira fase;
  • Combinado com o vestibular da instituição;
  • Como fase única para as vagas remanescentes do vestibular;

Para maiores informações sobre o ENEM, acesse o site do Enem www.enem.inep.gov.br e se informe melhor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *